Corinthians pode ceder quatro jogadores por Luan, do Atlético-MG, e Sornoza, do Fluminense

O Corinthians usa da estratégia de incluir em suas tentativas de contratações, envolver jogadores em trocas, principalmente aqueles que estiveram emprestados em 2018. Alguns dos alvos para a próxima temporada são o meia Sornoza, do Fluminense, e o atacante Luan, do Atlético-MG.

O time carioca pediu em troca do equatoriano, dois jogadores: o lateral-esquerdo Moisés, que atuou pelo Botafogo em 2018, e o meia Marquinhos Gabriel, que está emprestado ao Al-Nasr, dos Emirados Árabes, até o meio do ano que vem, além de dinheiro por 60% dos direitos do gringo, que tem contrato até o final de 2019 com o Fluminense. Ambos ficariam emprestados ao Tricolor até o final de 2019, com os salários sendo divididos entre os clubes. O Corinthians aceitou a pedida e agora a diretoria do da equipe do Rio de Janeiro conversa com os representantes dos atletas.

No caso do atacante Luan, o Galo tem o desejo de fazer a compensação também com dois jogadores: o zagueiro Pedro Henrique e o atacante Clayson, junto com uma compensação financeira. Anteriormente, o Corinthians tentou envolver o meia Guilherme, que atuou emprestado pelo Atlético-PR nesta temporada, mas a diretoria atleticana não aceitou a oferta. Luan tem contrato com o time mineiro, no qual fez 40 gols em 250 jogos, até abril de 2022.

Ramiro, do Grêmio, é outro nome na mira
O Corinthians fez um contato inicial com o pai do meia Ramiro que também é seu representante, Gilnei Benetti, para saber sobre a possibilidade de transferência. O jogador tem contrato com o Grêmio até 2021 e o clube gaúcho tem apenas 20% de seus direitos econômicos (no início de 2014, 50% dos direitos do atleta foram vendidos para o grupo de Kia Joorabichan, que tem ótima relação com o clube paulista).

Deixe um comentário