Dirigente deixa o Grêmio e mostra incômodo com narrador da Rádio Gaúcha

O que já era bastante aguardado desde a semana passada se confirmou oficialmente nesta quinta-feira. Em coletiva de imprensa, o executivo de futebol André Zanotta anunciou a sua saída do Grêmio. O destino, provavelmente, será o Dallas FC, dos Estados Unidos, clube que recentemente contratou o zagueiro Bressan.

Na entrevista, o dirigente deu a sua justificativa pela opção de deixar o tricolor e negou veementemente que estivesse tendo problemas de relacionamento com o técnico Renato Gaúcho. A informação foi dada pelo narrador Pedro Ernesto Denardin, um dos principais comunicadores da Rádio Gaúcha. Zanotta rebateu Denardin:

“Eu falo com o Renato quase todos os dias desde que ele saiu daqui. Acho que sou a pessoa, fora o pessoal do futevôlei dele e a filha, que mais fala com ele. Comentei com ele: ‘olha o que o Pedro Ernesto falou da razão da minha saída’. Enfim, ele recebe a informação e passa sem confirmar, é algo que deveria ter mais cuidado porque eu tenho muito que agradecer ao Renato. Esses dois anos que eu convivi com o Renato foram incríveis. O Renato é um cara que merece todo o sucesso e cada centavo que ele ganha”, comentou Zanotta.

Em outro trecho da entrevista, o executivo explicou que a distância da família e dos filhos pequenos, que moram em São Paulo, também pesou na decisão. Eles devem acompanhá-lo na ida aos Estados Unidos.

Zanotta estava no Grêmio desde março de 2017 e fez parte da montagem do time vitorioso na Libertadores, Gauchão e Recopa.

Deixe um comentário