Inter se retrata após declarações consideradas polêmicas contra o Atlético-MG

Surpreendeu, no último domingo, o tom adotado nas coletivas de imprensa do técnico colorado Odair Hellmann e do vice de futebol Roberto Melo. Ambos, após a derrota por 1×0 para o Botafogo, no Rio de Janeiro, chegaram a dizer que o Atlético-MG, rival desta quarta no Beira-Rio, teria que “pagar o pato” pela derrota.

As declarações geraram polêmica e foram absorvidas pelo rival. Durante a semana, o dirigente de futebol atleticano Marques e o goleiro Victor deram entrevistas falando sobre o tema, mas não quiseram dar respostas ou aumentar o clima ruim.

Ao portal Globoesporte.com nesta terça-feira, Melo se retratou e explicou a declaração dada ainda no Rio:

“Foi apenas no sentido de dizer que tínhamos que jogar contra o Galo o que não jogamos contra o Botafogo. Jamais subestimando o Galo. Pelo contrário, falei que tínhamos que fazer um grande jogo para poder vencer”, disse.

Em coletiva de imprensa, o lateral-direito Fabiano – que volta ao time no lugar de Zeca – também demonstrou muito respeito ao clube mineiro:

“Aqui dentro, nós atletas temos respeito muito grande pela equipe do Atlético-MG. É uma grande equipe, grandes jogadores. No primeiro turno, vimos a dificuldade que enfrentamos. Conseguimos sair de lá com vitória. Quando você tem um tropeço numa competição equilibrada como essa, no jogo seguinte, você precisa fazer o dever, que é ir em busca da vitória. Dentro de casa, com apoio do nosso torcedor, vamos buscar fazer grande jogo para que a gente possa buscar objetivo maior, que é a vitória”.

Em 3° com 65 pontos, o Inter segue sonhando com o título do Brasileirão. Já o Galo quer seguir no G-6, sendo no momento o 6° com 53 pontos.

Deixe um comentário