11/12/2022

Jogadores da seleção fazem lobby para Diniz assumir o lugar de Tite

Divulgação Fluminense

Depois de um ano e meio do anúncio, Tite confirmou que não é mais técnico da seleção brasileira. Havia a expectativa que o treinador pudesse mudar de ideia, mas em coletiva após a eliminação para a Croácia, o Tite garantiu que deixa o cargo.

“Derrota dolorida, mas em paz comigo mesmo. Fim de ciclo”, disse.

“Já respondi isso. Eu já havia colocado há mais de um ano e meio, não sou um cara de duas palavras. Não estava jogando para ganhar e depois fazer drama para ficar, quem me conhece sabe. Agora sim foi um processo inteiro”, completou.

Com o lugar vago, diversas especulações sobre o novo técnico da seleção surgiram. Nomes como Dorival Jr, Mano Menezes, Abel Ferreira, Fernando Diniz e outros já foram colocados na mira da CBF. E, se depender dos atletas que hoje vestem a amarelinha, o substituto de Tite já está escolhido.

De acordo com o UOL Esporte, os jogadores da seleção brasileira estão fazendo lobby para que Fernando Diniz assuma o cargo de treinador do Brasil. O coro em prol do treinador do Fluminense iniciou com Thiago Silva e Daniel Alves, que encerram seus ciclos na seleção, mas continuou com nomes importantes como Antony, Bruno Guimarães e, o principal deles, Neymar.

O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, ainda não se pronunciou sobre. Apesar de confirmar que mais de dez nomes estavam sendo estudados, o mandatário alegou que o substituto só seria definido após a Copa do Mundo 2022.

Quem também fez lobby por Fernando Diniz, que agora aparece como nome mais forte na corrida, foi Ronaldo Fenômeno. O ex-craque deu entrevistas elogiando o estilo de jogo do técnico do Flu, que acabou de renovar contrato com o Tricolor e estendeu o vínculo até dezembro de 2024.