24/03/2020

Mesmo com paralisação do futebol, clubes da Europa travam batalha por Haaland

O centroavante mais cobiçado da Europa hoje é o jovem Haaland do Borussia Dortmund. E com a paralisação do futebol mundial por conta do surto de coronavírus, equipes vem travando batalhas nos bastidores sobre futuras contratações.

Haaland está entre as principais. Diversos dos grandes clubes estudam um meio de contratar o ofensivo do Borussia, assim que a pandemia de Covid-19 estiver encerrada.

A imprensa internacional já deu informações bem relevantes de que o favorito para levar Haaland ao ataque é o Real Madrid. Mas o clube comandado por Zidane não é o único, e há uma luta nos bastidores do mercado para ver quem consegue o jovem para compor o ataque.

O Manchester United é outro forte concorrente. Antes do próprio Dortmund o contratar o United já desejava o jogador. O problema foi a má relação do empresário, Mino Raiola, responsável pelo norueguês de 19 anos.

Clubes brasileiros devem aguentar no máximo três meses sem jogos.

Ele não tem uma boa relação com o clube inglês e as negociações estão com muitas dificuldades desde janeiro de 2020.

Tottenham

O treinador Mourinho também está de olho na possibilidade do Tottenham contratar o atacante. Com a provável saída de Kane para um possível Real Madrid, há esperança de trazer Haaland para o clube inglês Hotspur.

Mas todos os interessados não podem esquecer da cláusula de rescisão que hoje está em 75 milhões de euros.

Porém para a maioria dos bilionários da Europa, diante do craque de bola, esse valor se torna irrisório.

Somente neste início de temporada, atuando em 11 jogos em janeiro, o norueguês fez 12 gols, sendo oito deles na Champions League.