Patrick e Camilo analisam o grupo “difícil” do Inter na Libertadores de 2019

Na última segunda-feira, a Conmebol sorteou oficialmente os grupos da Libertadores de 2019 e colocou o Inter em uma missão bastante complicada na Chave A. Além de estar ao lado do atual campeão River Plate, o time gaúcho terá o peruano Alianza Lima e possivelmente o São Paulo – caso o tricolor paulista passe pelas duas fases classificatórias.

Em entrevista concedida à Fox Sports nesta quarta-feira, os meias Patrick e Camilo avaliaram o sorteio e admitiram a dificuldade do grupo, mas também detectaram um lado bom de enfrentrar rivais de peso logo de cara.

“Recebi umas 300 mensagens falando do tal “grupo da morte”. É bom, né. Realmente é um grupo difícil, mas assim que é bom. Se passarmos, que é o que vamos buscar, certamente vamos chegar fortalecidos na segunda fase”, resumiu Patrick.

Na mesma linha, Camilo concordou com o colega:

“Vamos em busca de uma grande campanha. Tenho certeza que os diretores e toda comissão têm essa noção do desafio que teremos na Libertadores”.

O Inter fará a sua estreia na competição fora de casa contra o time que vier do classificatório, podendo ser o São Paulo, no dia 6 de março, 19h15.

Deixe um comentário