Presidente do Grêmio nega oferta do Manchester United pelo Everton: ‘Não temos absolutamente nada’

Durante coletiva de imprensa, o presidente Romildo Bolzan Júnior negou ter recebido oferta do Manchester United para vender o atacante Everton, do Grêmio. Na visão do mandatário gremista, não chegou nenhuma proposta dos ingleses e garantiu que a multa rescisória do atleta no Tricolor Gaúcho é de £30 milhões, algo em torno de 80 milhões de euros.

Não temos absolutamente nada. Notícia nova. A multa rescisória é de 80 milhões de euros e 30 milhões de libras (aproximadamente 33 milhões de euros) está muito longe disso”, revelou o presidente do Grêmio.

Por fim, o dirigente negou qualquer chance de se desfazer do atacante e revelou que vai ouvir uma proposta caso chegue em sua mesa: “Não temos nenhum interesse em fazer, mas se tivermos que ouvir alguma proposta, preferimos que seja no início da temporada do que no meio, pois estamos com as coisas todas organizadas e aí complica”, comentou.

Na semana passada, o jornal The Sun revelou que o Manchester United estaria disposto a fazer uma proposta para o Grêmio na abertura da janela de transferência em 2019. De acordo com o periódico inglês, os valores poderiam chegar em £30 milhões.

Para o site da GaúchaZH, o empresário Gilmar Veloz havia deixado claro que o clube interessado no atacante Everton teria procurar a diretoria do Grêmio para fazer uma proposta. Após o aval do clube gaúcho, que o agente seria acionado para acelerar na negociação.

Foto: Lucas Uebel/Site Oficial do Grêmio

Deixe um comentário