Sidnei Lobo vai para o seu 13º jogo à frente do banco de reservas

A partida diante do São Paulo, no Morumbi, às 19h, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, será a 13ª de Sidnei Lobo à frente do Cruzeiro, todas elas substituindo Mano Menezes. No total, ele venceu sete delas, empatou duas e perdeu outras três, tendo aproveitamento de 63,8%.

Contando apenas compromissos pelo nacional, o auxiliar técnico obteve seis triunfos e três revezes, com 66,6% de rendimento. Na atual edição do Brasileiro, apenas o Pameiras é superior ao número de Sidnei Lobo. Em 34 jogos, o Verdão tem 68,6% dos pontos disputados.

– A atitude que eu tive na beira do campo é uma característica minha. Tenho um comportamento, o Mano tem outro. Eu procuro ser leal com ele, mas no dia a dia eu tenho meu jeito. O dia que eu for assumir um time no futuro, serei assim. Essa será minha postura no campo – comentou o mais contido, com relação a Mano Menezes, Sidnei Lobo.

Mano Menezes ainda deve desfalcar o Cruzeiro no duelo contra o Vitória, no Mineirão. Ele é ausência por conta de um tratamento de pele, situação que já havia sido programada entre a comissão técnica do clube. O zagueiro Léo exaltou a participação de Sidnei Lobo no triunfo da última rodada, 1 a 0 sobre o Corinthians.

– O Mano é sempre uma figura importante para o elenco, a gente sempre visa a liderança dele. Mas quando não tem ele, temos o Sidnei, que faz um bom trabalho e vem fazendo bons treinos com a gente. Ele deu sua parcela de contribuição (referente ao jogo contra o Timão) – comentou o jogador.

Jogo contra o São Paulo
Sidnei Lobo confirmou que mudanças serão feitas no time titular, a principal delas no ataque. O rodízio já conhecido de centroavante será mantido. Com Fred, que foi titular contra o Corinthians, permanecendo em Minas Gerais, Barcos, Raniel e Sassá, que está livre da suspensão por conta de confusão na Copa do Brasil, disputam a vaga no comando do ataque. Além dessa mudança, a dupla de volantes será alterada: saem Lucas Silva e Lucas Romero e entram Ariel Cabral e Henrique, que foram poupados contra o Timão. Rafinha e Thiago Neves, que não atuaram na última quarta-feira, também podem aparecer entre os 11 titulares. Edilson volta de suspensão e assume a lateral-direita.

Assim, um provável Cruzeiro contra o São Paulo pode ter: Fábio; Edilson, Léo, Manoel e Egídio; Henrique e Ariel Cabral; Robinho, Thiago Neves e David; Raniel (Barcos ou Sassá).

Deixe um comentário