Solskjaer vai comandar o Manchester United até o final da temporada

Após demitir José Mourinho, o Manchester United anunciou nesta quarta-feira que o ex-atacante do clube, Ole Gunnar Solskjaer, vai comandar a equipe até o final da temporada, com Mike Phelan, também ex-jogador dos Reds Devils, sendo o seu auxiliar. Enquanto isso, a diretoria vai estudar nomes para ocupar o cargo a partir de 2019/20.

– O Manchester United está no meu coração e é brilhante voltar neste papel. Eu estou realmente ansioso para trabalhar com cada talento do elenco que temos, a comissão técnica e todos no clube – disse Solskjaer, que há 10 anos comandou a equipe B dos Reds Devils.

O ex-jogador do Manchester United na década de 90 (conquistou sete troféus da Premier League, um da Liga dos Campeões e um do Mundial de Clubes) estava comandando o Molde, da Noruega, com o qual tinha contrato até 2021 – foi duas vezes campeão nacional e uma vez da Copa do país. Anteriormente, após ficar três anos no time B dos ingleses, foi treinador do Cardiff City.

– Ole (Gunnar Solskjaer) é uma lenda do clube, com grande experiência tanto dentro do campo como em papéis de comando. Sua história no Manchester United significa que ele vive e respira a cultura daqui, e todos no clube estão encantados por tê-lo de volta com Mike Phelan. Estamos confiantes que ele irá unir jogadores e torcida – comentou o vice-presidente executivo do Manchester United, Ed Woodward.

Solskjaer é o quinto treinador após a Era Sir Alex Ferguson, depois de David Moyes, Ryan Giggs (interino), Louis van Gaal e José Mourinho.

Passagem de José Mourinho
O português comandou o Manchester United entre julho de 2016 e dezembro de 2018. Foram 84 vitórias, 32 empates e 28 derrotas. No período, gastou 401 milhões de libras em reforços.

Fato curioso
Jurgen Klopp foi o responsável pela terceira demissão de José Mourinho na carreira. A primeira, no comando do Borussia Dortmund, fez 4 a 1 no Real Madrid, o que ocasionou na saída do português do clube espanhol. Em seguida, pelo Liverpool, fez 3 a 1 no Chelsea e Mourinho foi demitido na sequência. Por fim, no último domingo, também pelo Liverpool, fez 3 a 1 no Manchester United e na terça-feira seguinte Mourinho foi desligado da equipe.

Deixe um comentário