Técnico do Inter se mostra orgulhoso pelo desfecho da temporada

Desde a temporada de 2014, com Abel Braga, o Inter não conseguia manter o mesmo treinador do início ao fim do ano. Enfim, a escrita foi quebrada e Odair Hellmann está repetindo Abel em 2018. No domingo, o “Papito” comanda o colorado pela última vez em 2018 contra o Paraná, fora de casa, pelo Brasileirão.

Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira, Hellmann se mostrou orgulhoso por estar concluindo o trabalho até o fim:

“Como disse lá no início, eu gostaria de fazer um ano em que merecesse continuar até o final. Isso corresponde a um ano bom. Não foi excepcional porque teríamos que fechar com o Brasileirão. Aí coroaria, mas lutamos e nos dedicamos muito. Reconstruímos. Esta palavra, que tanto falamos, ocorreu. Fechar o ano é motivo de satisfação. Falei com o torcedor e prometi. Acho que foi cumprido”, disse.

Odair, que já negocia a sua permanência para 2019, prevê para o ano que vem uma integração maior com as categorias de base:

“Buscaremos agregar garotos da base. Precisaremos em grande número. E, para conseguir um time em alta intensidade, com movimentações, precisamos daqui a pouco fazer uma troca, no início. Nossa pré-temporada será de 16 dias, o que não é o ideal será algo de um processo de metodologia que teremos. O número de jogadores, quanto mais pudermos agregar, melhor para ter um grupo ainda mais forte e representar o Inter”.

Deixe um comentário